top of page

5 pilares de um negócio lucrativo no digital

Atualizado: 12 de out. de 2022




Sabias que um negócio no digital não é apenas uma conta no Instagram, uns postszinhos publicados e muito menos, algo fácil e que acontece da noite para o dia?


A verdade é que com o aumento de negócios na internet, tornou-se quase fácil criar algo que queremos chamar de empresa.


Mas, se te disseram que é apenas criar uma conta no Instagram e publicar 3x por semana e vais ter resultados... Não é a verdade.


Se queremos criar um negócio realmente lucrativo no digital, ser empresárias de sucesso temos de pensar muito mais além disso e claro, ter consciência do que afinal é necessário para criar uma empresa que fatura no digital.


Hoje, quero trazer-te 5 pilares de um negócio lucrativo no digital que fizeram toda a diferença não só na minha empresa e nos meus resultados, como também nas mais 1100 alunas da minha escola da Liberdade Digital.


1. Gestão e Mindset


Seja quando já tens uma equipa ou mesmo quando ainda trabalhas sozinha… O mindset tem de estar no lugar certo.


Afinal, uma mentalidade forte, trabalhada e preparada pode poupar-te muitos problemas, indecisões e medos. Para além disso, quanto mais tiveres um mindset virado para o futuro e naquilo que tens de fazer para lá chegar, mais rapidamente fazes o que tens de ser feito e começar a construir uma equipa alinhada contigo e com a tua marca e empresa.


Uma gestão eficaz e eficiente deve vir logo de ínicio, claro, mas principalmente quando tens equipa, deves ter em conta que estão mais pessoas ali, e que tu, é que tens o papel de as guiar e de ter uma gestão virada para a evolução seja delas ou do teu negócio.



2. Captura de contactos


Captar contactos é como quem diz, angariar e-mails, contactos telefónicos de potenciais clientes. Normalmente feitos através de um formulário que tens no teu site, para o teu evento gratuito ou para algum produto íman.


E não penses que podes deixar esta parte para depois, começa a captar contactos desde o ínicio. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o e-mail não morreu e teres uma lista de contactos permite-te manter um contacto mais direto e pessoal com os teus potenciais clientes.


3. Esteira de produtos


Ter um esteira de produtos é como ter uma escada de produtos que acompanha a jornada do teu cliente. Vou explicar melhor:


O potencial cliente chega hoje ao teu negócio, seja através das redes sociais ou outro contacto, e chega com uma X necessidade - mas, pode ainda não ter muita confiança em ti ou simplesmente, precisar de uma solução mais simples. Para esse cliente tu vais ter o produto X que resolve a necessidade X.


Passado algum tempo e depois de ter sido resolvido no produto anterior, o teu cliente começa a ter novas necessidades e procura-te. Neste momento ele já tem a necessidade Y. Por isso, tu vais ter um produto Y que resolve a necessidade Y.


E por aí vai.


A diferença entre os produtos é o nível de consciência e confiança que o teu cliente tem.


Nem todos os teus potenciais clientes têm as mesmas necessidades ou até, têm o mesmo poder de compra no momento.


É importante ter uma escada de produtos que, acompanhe as necessidades do teu cliente ao longo do tempo para que, ele se fidelize à marca e se sinta compreendido e solucionado.


4. Lançamentos


O modelo de negócio que te dá liberdade financeira, geográfica, de horários, à prova de crise… O modelo de negócio que ensino na minha escola da Liberdade Digital.


Lançamentos não é apenas colocar um post a dizer “compra aqui” ou “vagas abertas”, é todo o trabalho que começa de 15 a 45 dias antes de abrires carrinho que te vai permitir lançar um infoproduto e ter potenciais clientes prontos a comprar de ti.


E neste ponto de lançamento, falamos de lançar e vender infoprodutos, ou seja, produtos que dependem do teu CONHECIMENTO - algo que ninguém tem igual é algo que ninguém te consegue tirar e por isso, é à prova de muitas outras coisas que muitos negócios sofrem, por exemplo, de produtos idênticos por comprarem aos mesmos fornecedores.


5. Tráfego e Conteúdo


Seja tráfego orgânico ou tráfego pago, já que ambos são importantes.


E se não sabes a diferença entre os dois, o orgânico são as publicações que fazes por exemplo nas redes sociais sem aplicar dinheiro para elas cheguem a mais pessoas, o pago, tal como o nome indica, são as publicações que tu pagas para chegar a mais pessoas.


Mas em qualquer um deles, o CONTEÚDO é sempre o mais importante.


Um conteúdo autêntico, diferenciado, que realmente gera valor ao teu público e que não tem todos os termos técnicos que ninguém entende, que gera conexão na tua audiência… Seja pago ou orgânico, o conteúdo vai ser sempre o que vai fazer a diferença.


Até porque, engane-se quem acha que o conteúdo não faz a diferença. Desde sempre que o conteúdo fez diferença.


Os anúncios de TV, os textos nas revistas… Tudo isso é conteúdo. E no mundo digital, ele é o que vai muitas das vezes, fazer a diferença entre dezenas de perfis que abordem o mesmo tema.


Será que existem mais pontos importantes? Sim, mas estes são os pilares BÁSICOS de um negócio que gera lucro no digital.


Mas, estes pilares não se trabalham da noite para o dia e principalmente quando começas com uma EUquipe, ou seja, a tua equipa és só tu, e tu sozinha tens de dar conta de tudo - eu também comecei assim no início do meu negócio.


E todos estes pontos estão inteiramente ligados uns aos outros:


O teu mindset vai influenciar totalmente a gestão eficaz e eficiente do teu negócio, da tua equipa.


A tua marca pessoal com o tempo vai ficando cada vez mais definida, clara e por isso, influencia automaticamente o teu conteúdo e também os teus lançamentos - quanto mais a tua marca pessoal for distinta e poderosa, mais vais impactar as pessoas interessadas no teu infoproduto e por isso, mais clientes.


A tua esteira de produtos vai influenciar a captura de contactos e os lançamentos, obviamente…


É um ciclo e TUDO está interligado!


Agora que aprendeste que estes são os 5 pilares de um negócio lucrativo no digital e que sabes, que se ainda não os trabalhas ou pelo menos 1 deles, tens de o começar a fazer… Quero fazer-te um convite.



Na minha Escola da Liberdade Digital eu ensino-te exatamente a trabalhar estes 5 pilares. Por lá já passaram mais de 1100 alunas que hoje, têm negócios estruturados, preparados e a faturar.


Tens 2 tipos de matrícula disponíveis para te inscreveres, sendo que, em ambas, tens acesso a 8 etapas que te levam desde a pesquisa de mercado, à criação de infoprodutos, à venda e após o lançamento.


Se optares por exemplo, pela matrícula avançada, tens ainda acesso a mais 2 cursos que complementam a aprendizagem e, acesso, a mentoria em grupo comigo e, com outros empreendedores fantásticos e que têm resultados gigantes neste mundo digital.


Hoje, podes inscrever-te já na lista de espera para o curso, para que quando abrir matrículas, sejas a primeira a saber.


A Escola da Liberdade Digital é o que tu precisas para te tornares numa autoridade autêntica no digital, faturares 3x mais rápido que as outras pessoas e construíres um negócio lucrativo no digital.

26 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page