top of page

Como criar um curso online lucrativo?

Criar um curso online não é só um rendimento passivo, pode ser mesmo uma transformação total na tua vida e negócio. Neste artigo vou mostrar-te como criar um curso online lucrativo começando pelas suas características fundamentais.




Antes de falar-te das características fundamentais acima, é necessário que entendas que mesmo que tu nunca tenhas ensinado nada a ninguém, é possível lançares-te como especialista e começar a fazê-lo.


O mesmo se aplica a ti que já empreendes online e até agora só tiveste serviços. O desejo de querer ter uma agenda cheia de clientes não combina com o desejo de ter liberdade porque estás a vender a tua hora e dependes de horários. Muitas vezes sobra pouco ou nenhum tempo para te dedicares ao teu próprio negócio.


No meu negócio, eu tenho liberdade digital porque o meu negócio trabalha para mim, não o contrário. Eu decidi criar um modelo de negócio em que a maioria do meu rendimento vem dos cursos e membership, e uma pequena parte de serviços. Resumidamente eu vivo dos meus lançamentos. Que lançamentos? Lançamentos repetidos do meu curso principal e do lançamento perpétuo dos meus cursos complementares.


Ainda estás a zeros neste tema dos lançamentos no digital? Então aproveita para ler este artigo sobre lançar produtos digitais!


O meu intuito é que descubras que também tu podes viver de lançamentos e parar de vender a tua hora, ou pelo menos não depender disso. E criar um curso online é uma das melhores formas, embora haja outros tipos de produtos digitais.


Vamos então ver como criar um curso online lucrativo, garantido as seguintes características.




Características de um curso online lucrativo



1. Ser prático

O teu curso deve ser um atalho e não uma aventura sem fim! Não digas que compilaste os teus 20 anos de experiência no teu curso porque ninguém vai ter tempo para isso. As pessoas hoje em dia mal têm tempo para estar com a família, quanto mais para ver as tuas aulas de 2h32 minutos, em que poderias ter passado as mensagens essenciais em 30 minutos.


Deves criar aulas concisas, práticas e diretas ao ponto, sem grandes rodeios. Podes sim incluir histórias breves que criem dinâmica mas nunca fazer as pessoas perderem o seu tempo valioso porque isso diminuirá o comprometimento delas.



2. Ser didático

O teu curso precisa de incluir tarefas, checklists, templates e materiais para descarregar. É um apoio ao estudo, para que as pessoas absorvam melhor a matéria e possam até imprimir para rabiscar ou levar consigo para ler.


Nos meus cursos em todos os módulos incluo tarefas. E em cada aula tem sempre uma checklist com os pontos essenciais ou uma folha de exercício para completar. Tenho até um curso onde as aulas têm 2 formatos: vídeo e só áudio.


Pensa nas diferentes formas de ajudar as pessoas a ter resultados com o teu curso.



3. Ser solucionador

O teu curso precisa de resolver um problema. Se a pessoa chega ao fim do curso e ficou na mesma, nada mudou, então ela nunca vai poder criar um depoimento sobre o teu curso.


E quando os teus alunos não demonstram os resultados tu não tens prova social para mostrar aos potenciais interessados no curso. O mesmo acontece quando queremos comprar algo. O que fazemos? Vamos procurar opiniões de quem já comprou!


Então se tu queres aumentar as vendas. precisas que os teus alunos solucionem o problema que tinham antes de entrar no teu curso.




4. Ser envolvente

Lembras-te daquele professor chato da escola? Não sejas assim. Precisas de cativar as pessoas, mostrando a tua personalidade, com um discurso não monocórdico e, claro, incluindo dinâmicas criativas ao longo do curso.


Um dos maiores inimigos do estudo é a procrastinação, algo que acontece quando temos de fazer algo que o nosso cérebro não considera propriamente uma diversão. Portanto tu precisas de criar um curso que não seja associado a algo "chato".



5. Ter supervisão

O teu curso deve ter acompanhamento porque ao supervisionar e acompanhar os alunos estarás a aumentar o comprometimento e os seus resultados. E é aqui que muitos empreendedores que entram no mercado da educação online falham.


“Já vendi, tá vendido!”. Não pode nem deve ser assim, a menos que o teu curso custe 10€ na Udemy e não é isso que ensino no Girlbosses Hub.


O acompanhamento pode ser feito de variadas formas e pode ser contínuo ou durante um certo tempo.



Se conseguires garantir estas características no teu curso online, já tens uma excelente base para aprender a fazer os teus lançamentos e finalmente ganhar liberdade digital.



Aprende o meu método de criação e lançamento de cursos online

Se este é o teu objetivo, então precisas de conhecer o curso Fórmula Liberdade Digital, onde ensino o meu método de lançamento de infoprodutos e ensino-te a criar um modelo de negócio como o meu com 3 fontes de rendimento. No curso aprendes tudo desde o zero, até mesmo se ainda não sabes qual o teu nicho e se nem os perfis das redes sociais tens.




261 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page