top of page

Guia para não perderes dinheiro na internet em 2023

O mercado de trabalho mudou e deixou de ser a única opção para milhares e milhares de pessoas ao longo de todo o mundo.


A pandemia trouxe novas possibilidades, novas profissões e o principal impacto foi a internet.


Pessoas se tornaram freelancers, abriram lojas online sem espaço físico, começaram a vender infoprodutos… O mundo do trabalho deixou de ser apenas uma empresa com horário fixo. Agora somos todos capazes de gerar rendimentos a partir até de casa.


O que ainda acontece também, é que algumas pessoas mantêm os seus trabalhos por conta de outrem mas geram rendimentos extra na internet através de produtos digitais.


O que são produtos digitais?


São produtos como desafios, workbooks, e-books, mentorias, cursos que são criados por alguém que tem conhecimento sobre um determinado assunto e vendido para pessoas que querem e precisam de aprender mais sobre o tema.


Esse modelo de negócios é o que utilizamos na GirlbossesHub e que já nos gerou mais de 1 milhão de euros faturados em menos de 3 anos.


Neste artigo, trazemos-te 3 pontos cruciais que nos fizeram crescer e vender todos os dias na internet e transformar a vida da Joana Sá (fundadora e CEO do GirlbossesHub) para que em 2023 não continues a trabalhar para outros se isso te faz infeliz, a vender pouquinho se já tens um negócio online e para que possas, finalmente, mudar a tua realidade.





PONTO 1.


Tem uma metodologia de vendas.


O maior erro que a maioria das empreendedoras cometem é começar um negócio sem um norte, um método e um passo a passo.


Depois de mais de 1300 alunas terem passado pelo GirlbossesHub conseguimos compreender que isso não as ajuda em nada mas sim, que as atrasa e gera sentimentos negativos. Muitas vezes acabam até por desistir.


Por isso, um método pode ser tudo o que falta para um negócio prosperar:


Saber o que vai vender

Saber como vai vender

Saber para quem vai vender

Saber como comunicar a sua marca

Saber como ser vista como referência na área

Saber fazer planeamentos anuais para uma melhor condução do negócio


Tudo isso deve fazer parte do teu modelo de negócio.


O que aplicamos é focado nos produtos digitais porque só esse modelo de negócios dá a liberdade digital: liberdade de horários, liberdade geográfica, liberdade de crises e liberdade financeira.


Se tu queres trabalhar com o teu conhecimento, onde não precisas de fornecedores, stocks ou preencher uma agenda… Este modelo de negócio é o ideal para ti.


Na Escola da Liberdade Digital ensino-te o passo a passo para conseguires criar o teu negócio, criares o teu infoproduto, lançá-lo e como ser vista como autoridade.


Clica aqui para garantires a tua vaga.





PONTO 2.


Aposta em vídeos para a tua produção de conteúdo.


Os últimos meses têm sido marcados por uma grande mudança no consumo de conteúdo por parte do público/utilizadores das redes sociais.


Nomeadamente, enquanto há uns bons anos atrás as pessoas preferiam consumir conteúdos escritos e mais bonitos, depois de 2020 e daí em diante não será mais assim.


Segundo notícias, mesmo vindas do próprio Instagram, conteúdos em vídeo serão cada vez mais valorizados já que, por exemplo, uma pessoa normal consegue consumir 100 minutos de vídeo por dia.


Por isso, um negócio que hoje não tem uma estratégia de Vídeo Marketing dificilmente consegue um crescimento orgânico na internet ou até, vender com um volume significativo.


É necessário saber como atrair as pessoas a assistir os vídeos, reter a sua atenção para que elas assistam até ao fim, saber o que dizer para que a mensagem seja transmitida de forma clara e objetiva e conseguir fazê-las comprar o produto.


No meu Workshop “VVV” entrego a minha metodologia de gravar vídeos que fez a GirlbossesHub aumentar a sua faturação em 40% no ano de 2022.


Clica aqui para estares presente e começares 2023 com uma estratégia que grandes nomes do mercado utilizam, definida.





PONTO 3.


Investe em anúncios.


Tal como mencionado anteriormente, está cada vez mais difícil crescer organicamente na internet como era em 2020. Existem cada vez mais negócios e para além disso, as próprias redes sociais são plataformas que trabalham com publicidade, por isso, é natural que em determinada altura tenhas de começar a considerar investir em pagar para impulsionar o teu conteúdo.


Fazer anúncios de:


  • Captação: que mostram a potenciais interessados o teu negócio ou produto e que as atrai para o teu evento online ou o teu perfil nas redes sociais.

  • Venda: em que informas que as vagas para o teu infoproduto estão disponíveis para compra e aqui tanto poderás anunciar para públicos mais quentes (pessoas que já te acompanham e conhecem o teu produto) ou públicos mais frios (que não te conhecem mas podem eventualmente comprar mesmo assim).


CONCLUSÃO


A verdade é que não é difícil fazer dinheiro na internet, mas, ao teres um método e um guia para te ensinar como o fazer, fica ainda mais simples o caminho.


Sejas de que área fores: contabilidade, direito, desenvolvimento pessoal, espiritualidade, nutrição, marketing… A internet pode ser o mercado que vai ampliar o reconhecimento do teu nome e onde podes criar o teu próprio negócio que te vai permitir chegar a lugares inimagináveis.


E se queres ter acesso ao meu método de gravação que já me gerou milhares de euros em vendas e tornar 2023 um ano incrível para ti e para o teu negócio em que não deixas dinheiro na mesa, entra agora clicando aqui no Workshop "VVV: Vídeos Vencedores que Vendem" que vai acontecer já no dia 14 de janeiro!

41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page